O site da GeniusyMeios usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
Fechar
Mosaico

Bocelli esgotou o MEO Arena

Um concerto esgotado com cinco meses de antecedência para assinalar os 80 anos RR.


Foi no dia 25 de março, no MEO Arena, em Lisboa, um dos pontos altos das comemorações deste aniversário tão especial.

Esta foi uma oportunidade irrepetível para assistir à interpretação do tenor que conseguiu pôr o belcanto nas bocas do mundo. Andrea Bocelli e Ana Moura foram acompanhados pela Orquestra Sinfonietta de Lisboa, com 70 músicos, e o coro Ricercare, de 60 elementos.

Na primeira parte, o tenor cantou árias de óperas como Intanto, Amici Qua, da Ópera Cavalleria Rusticana, La Donna è mobile de Rigoletto e peças como Ave Maria de Schubert.

Na segunda parte marcaram presença os maiores sucessos de Andrea Bocelli e temas do seu último álbum: Cinema. Músicas como Maria de Bernstein, Funiculí Funiculá ou Be My Love.

Para a história ficará sem dúvida a interpretação de Ana Moura de Over the Rainbow e o momento em que ambos subiram ao placo para interpretar Besame mucho.

O entusiasmo do público não deixou indiferente Andrea Bocelli, que voltou ao palco para um encore de interpretações memoráveis de Con te Partirò e Nessun Dorma.

Para celebrar com a Renascença muitas foram as individualidades que estiveram presentes. O Cardeal Patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, que dirigiu umas palavras de felicitação à Renascença no início do espectáculo, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e o Presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, os antigos Presidentes da República, General Ramalho Eanes, Dr. Jorge Sampaio e Professor Aníbal Cavaco Silva, o Núncio Apostólico D. Rino Passigato, o Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, o Ministro da Cultura, Luís Filipe de Castro Mendes e muitas outras personalidades.

Ao lado de D. Manuel Clemente, muitos foram os Bispos portugueses que assistiram ao concerto comemorativo dos 80 anos da Renascença, nomeadamente o Arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga e o Bispo do Porto, D. António Francisco dos Santos.

Nas palavras do Cardeal Patriarca de Lisboa: “Celebrar os 80 anos da Renascença significa uma vida. A Renascença marca várias etapas da minha vida – uma companhia. Falar da Renascença é falar da vida de muita gente em Portugal, da Igreja em Portugal e também de uma grande garantia de futuro porque ela continua muito jovem e muito fresca”.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa declarou: “Devo muito à Renascença, desde a minha infância. Estou cá pessoalmente, mas também como Presidente da República, para agradecer o papel fundamental da Renascença. 80 anos com muita vitalidade, que mais parecem 8”.

Para o Presidente do Conselho de Gerência do Grupo Renascença Multimédia, Padre Américo Aguiar, “a arte e de um modo especial a música têm sempre o especial condão de nos elevar… fomos todos elevados à comunhão com todos os que, nestes 80 anos, fundaram, fizeram e fazem a Renascença todos os dias. Obrigado a todos os presentes na pessoa do Senhor Presidente da República e um obrigado muito especial a Andrea Bocelli e a todos os músicos. Venha o centenário! Que Deus continue a abençoar-nos.”

Galeria

Andrea Bocelli em Lisboa
Ana Moura partilhou o palco com Andrea Bocelli
Uma noite com casa cheia
A primeira fila de um concerto muito especial
O Cardeal Patriarca dirigiu algumas palavras ao público
O Presidente da República no camarim de Andrea Bocelli
Uma noite maravilhosa
Andrea Bocelli apresentou um repertório impecável
O público, caloroso, aplaudiu o artista sem reservas
Ana Moura e Andrea Bocelli - um dueto belíssimo!

© 2016 Genius y Meios. Todos os direitos reservados.
Site optimizado para as versões do Internet Explorer iguais ou superiores a 9, Google Chrome e Firefox